//SMART MATERIALS

SAIBA MAIS SOBRE AS NOSSAS MATÉRIAS-PRIMAS

/////ALGODÃO ORGÂNICO

O ALGODÃO ORGÂNICO NÃO UTILIZA AGROTÓXICOS E PESTICIDAS NA SUA PRODUÇÃO, O QUE DIMINUI DANOS AO MEIO AMBIENTE E TAMBÉM AO SER HUMANO. QUÍMICOS UTILIZADOS NA AGRICULTURA CONVENCIONAL DO ALGODÃO, ALÉM DE CONTAMINAR A ÁGUA E O SOLO, AFETAM A BIODIVERSIDADE LOCAL E PREJUDICAM OS AGRICULTORES, QUE EM CONTATO DIÁRIO COM ESTAS SUBSTÂNCIAS PODEM TER PROBLEMAS DE SAÚDE. ESTIMA-SE QUE 250 MIL AGRICULTORES ADOECEM TODO ANO. A AGRICULTURA ORGÂNCIA CONTRIBUIU NA REDUÇÃO DE 46% DAS EMISSÕES DE GASES DO EFEITO ESTUFA, 70% DAS EMISSÕES RESPONSÁVEIS PELA ACIDIFICAÇÃO DO SOLO E 91% NO CONSUMO DE ÁGUA DURANTE A IRRIGAÇÃO.

O ALGODÃO ORGÂNICO TAMBÉM É BASTANTE RECOMENDADO PARA PESSOAS ALÉRGICAS, POR SUAS CARACTERÍSTICAS NEUTRAS.

 /////ALGODÃO RECICLADO

NA INDÚSTRIA TÊXTIL SÃO DESCARTADAS QUANTIDADES ENORMES DE TECIDOS, SEJA NA TECELAGENS, NA CONFECÇÃO OU MESMO NO PÓS-CONSUMO. COM O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO, HOJE CONSEGUIMOS RECICLAR ESTE MATERIAL E REINSERIR ESTES REFUGOS NO CICLO PRODUTIVO, COMO É O CASO DO ALGODÃO RECICLADO. REFUGOS DO PRÉ-CONSUMO SÃO MAIS UTILIZADOS PELA INDÚSTRIA DE RECICLAGEM, PELA FACILIDADE DE SEPARAÇÃO DAS CORES E QUALIDADE. NO PÓS-CONSUMO, HÁ DIFICULDADES POR CONTER ETIQUETAS, ZÍPERES, BOTÕES E OUTROS AVIAMENTOS, ALÉM DA DIVERSIDADE DE COLORAÇÃO E O NÍVEL DE DESGASTE. DE QUALQUER FORMA, APÓS A SEPARAÇÃO DO MATERIAL, OS REFUGOS SÃO TRITURADOS E RESULTAM NUMA NOVA FIBRA DE ALGODÃO SIMPLES. E ENTÃO SÃO REFIADAS E TRANSFORMADAS EM TECIDO NOVAMENTE. O MAIS INTERESSANTE É QUE O PROCESSO INTEIRO NÃO LEVA ÁGUA, COM PEGADA HÍDRICA ZERO.

/////POLIAMIDA BIODEGRADÁVEL/AMNISOULECO®

A POLIAMIDA BIODEGRADÁVEL SE DECOMPÕE NA NATUREZA EM MENOS DE TRÊS ANOS, NUM PROCESSO QUÍMICO EM QUE BACTÉRIAS DO SOLO E DO AMBIENTE SE ALIMENTAM DA FIBRA.

CONHECIDA POR QUALIDADES COMO TOQUE, CONFORTO, TRANSPIRABILIDADE, ABSORÇÃO DE UMIDADE E FACILIDADE DE LAVAGEM, A POLIAMIDA É MUITO FUNCIONAL.

 ////BAMBU

O BAMBU É UMA FIBRA BIODEGRADÁVEL DE TOQUE EXTREMAMENTE LEVE. NO SEU PLANTIO NÃO É NECESSÁRIO USAR FERTILIZANTES, POIS É UMA PLANTA DE CRESCIMENTO MUITO RÁPIDO. TAMBÉM NÃO É PRECISO UTILIZAR PESTICIDAS, JÁ QUE O BAMBU É UMA FIBRA NATURALMENTE RESISTENTE A PRAGAS. MUITO VERSÁTIL, A FIBRA DE BAMBU USA POUCA ÁGUA EM SEU PROCESSO DE IRRIGAÇÃO E ABSORVE MAIS DIÓXIDO DE CARBONO DO AR DO QUE O ALGODÃO E A MADEIRA, POR EXEMPLO. MAIS: POSSUI FUNÇÃO ANTIBACTERICIDA, INIBE ODORES E TEM SECAGEM RÁPIDA.

 /////LINHO

O LINHO É PROVENIENTE DE UMA PLANTA FIBROSA, SENDO A LINHAÇA SUA SEMENTE. POR SER UMA FIBRA NATURAL DE FONTE RENOVÁVEL, POSSUI PROPRIEDADES BIODEGRADÁVEIS. SEU CULTIVO REQUER 20 VEZES MENOS ÁGUA DO QUE O ALGODÃO E DISPENSA A UTILIZAÇÃO DE FERTILIZANTES QUÍMICOS. POR NÃO AGREDIR O SOLO, PODE SERVIR COMO ROTAÇÃO DE CULTURA, OU SEJA, EM ÉPOCAS DIFERENTES, O AGRICULTOR PODE SUBSTITUIR O PLANTIO DO LINHO POR OUTROS TIPOS DE PLANTAÇÕES.

O LINHO É CONHECIDO COMO MATERIAL NOBRE, POIS SEU DESENVOLVIMENTO REQUER BASTANTE QUALIDADE E A PRODUÇÃO EM GRANDE ESCALA NÃO É RECOMENDADA. POR ESTES MOTIVOS A FIBRA E SEUS PRODUTOS APRESENTAM MAIORES VALORES DE VENDA.

/////VISCOSES TENCEL®/LYOCELL®/MODAL®

OS ARTIGOS PRODUZIDOS COM TENCEL®/LYOCELL®/MODAL® ADQUIREM PROPRIEDADES ANTIBACTERICIDAS, O QUE PREVINE O SURGIMENTO DE ODORES PROVENIENTES DO SUOR OU POR USO PROLONGADO. TAMBÉM POSSUEM ALTA CAPACIDADE DE ABSORÇÃO, AJUDAM NO CONTROLE DA HIDRATAÇÃO E TEMPERATURA CORPORAL E PREVINEM IRRITAÇÕES NA PELE.

ESTES MATERIAIS SÃO PROVENIENTES DE FONTES CELULÓSICAS, COMO O EUCALIPTO (EUCALYPTOS) E FAIA (BEECHWOOD), QUE SÃO FONTES RENOVÁVEIS E BIODEGRADÁVEIS, COM CRESCIMENTO RÁPIDO E CAPACIDADE DE PLANTIO EM TERRENOS INFÉRTEIS PARA AGRICULTURA. SUAS PROPRIEDADES DEFENSIVAS NATURAIS EVITAM A UTILIZAÇÃO DE PESTICIDAS, FERTILIZANTES OU ALTERAÇÃO GENÉTICA.

O TOQUE CONFORTÁVEL EXCLUI A NECESSIDADE DE AMACIANTES E PODE-SE REDUZIR OS CICLOS DE LAVAGEM E TEMPERATURA, JÁ QUE POSSUEM PROTEÇÃO NATURAL ANTIBACTERICIDA.

 /////POLIÉSTER RECICLADO

MUITO UTILIZADO NA MODA SUSTENTÁVEL, O TECIDO DE PET RECICLADO (OU POLIÉSTER RECICLADO) ASSUME PAPEL FUNDAMENTAL NA DIMINUIÇÃO DE RESÍDUOS PLÁSTICOS DESCARTADOS INCORRETAMENTE NO MEIO AMBIENTE.

APÓS A COLETA, O PET É SEPARADO POR COR E QUALIDADE E EM SEGUIDA LAVADO E MOÍDO.

NA ETAPA SEGUINTE, ESTES NOVOS GRÃOS SÃO FUNDIDOS EM ALTAS TEMPERATURAS E TAMBÉM FILTRADOS, REMOVENDO ASSIM TODOS OS RESÍDUOS SÓLIDOS, COMO PEDRAS E METAIS.

COM SEU RESFRIAMENTO, O MATERIAL É GRANULADO E TRANSFORMADO EM CHIPS QUE PASSAM POR UM PROCESSO DE EXTRUSÃO E SÃO TRANSFORMADOS EM PASTA, QUE É POSTERIORMENTE CONVERTIDA EM MICROFILAMENTOS ESTIRADOS E TERMOFIXADOS.

AO FINAL, ESTAS NOVAS FIBRAS SÃO EMBALADAS EM FARDOS E ENCAMINHADAS PARA DIVERSAS TRANSFORMAÇÕES E FINALIDADES.

/////COMBINAÇÕES

PARA CRIAR PRODUTOS COM DIFERENTES QUALIDADES, CONTAMOS COM TECIDOS QUE POSSUEM COMBINAÇÕES QUE MISTURAM DUAS OU MAIS MATÉRIAS PRIMAS, O QUE PROPORCIONA MAIOR VARIEDADE PARA O CONSUMIDOR. POR EXEMPLO: UTILIZAMOS O ALGODÃO RECICLADO COM O POLIÉSTER RECICLADO PARA CRIAR UM PRODUTO AO MESMO TEMPO CONFORTÁVEL E RESISTENTE. ESTAS VARIADAS COMBINAÇÕES TAMBÉM PERMITEM CRIAR PRODUTOS DIFERENCIADOS COM ACABAMENTOS TEXTURIZADOS.

________________________