// PÓS-COMPRA

Aceitamos um novo desafio, mas só alcançaremos este objetivo com a sua ajuda.

A movin® desenvolve produtos com materiais sustentáveis, os chamados “smart materials”, que entre outros benefícios, diminuem ou até mesmo zeram o consumo de água, evitam o emprego de químicos nocivos e contribuem para reduzir a emissão de carbono em todas as etapas produtivas. Porém, mesmo com esta iniciativa conseguimos atingir no máximo 20% dos impactos de uma peça de roupa. Para termos mais alcance, precisamos da sua ajuda para minimizar o impacto dos 80% restantes. Como? Algumas dicas abaixo.

//// pegada de carbono e ambiental

O termo “pegada de carbono” diz respeito a quantidade total de emissão de gases do efeito estufa, que são causados diretamente ou indiretamente por um indivíduo, uma organização, um evento ou simplesmente um produto.
A partir deste dado, pesquisamos dicas e sugestões para que você possa reduzir suas emissões durante a vida útil (pós-compra) de seu produto movin®.

//// armazenamento

Mantenha seus produtos em local arejado e com luz indireta. Previne-se assim a propagação de fungos e bactérias e o desagradável cheiro de mofo. Uma nova lavagem, passadoria e todos os processos de higienização serão evitados.

//// instruções de lavagem

Você sabia que até 80% da emissão de carbono ocorre no pós-compra e em sua maioria no processo de lavagem e secagem? Estas etapas sâo muito importantes para a medição da pegada de carbono.
Sempre observe as instruções de lavagem disponíveis nas etiquetas ou silk do seu produto. Seguindo estas instruções, aumentará a vida útil da peça, o que dispensa a necessidade de recompra, além de reduzir seu impacto no meio ambiente. Durante a lavagem, separe as cores adequadamente, coloque somente a quantidade necessária de detergente e junte o máximo de roupa para lavar de uma vez. Utilize refis e recicle as embalagens de todos os produtos utilizados nesta etapa.

 

//// temperatura de lavagem

Lavar roupas com água quente (acima dos 30 graus celsius) é reconhecidamente um modo eficaz de limpeza. Porém, para esquentar a água emitimos mais carbono. Para substituir este método, há hoje opções de detergentes não tóxicos e/ou biodegradáveis que permitem um resultado equivalente ao da limpeza com água quente (é legal sempre ficar de olho em produtos não tóxicos e/ou biodegradáveis disponíveis no mercado). Além disso, não usar água quente preserva mais a coloração de sua roupa e a aparência original do seu produto.

 

//// lavagem à seco

Este método deve ser uma exceção, pois a maioria das nossas roupas são feitas para o dia a dia. Cerca de 85% dos equipamentos que fazem lavagem à seco utilizam o percloroetileno ou tetracloroeteno que, de acordo com a agência de proteção ambiental dos estados unidos, são compostos químicos altamento tóxicos para a pele e sua saúde. Trata-se do chamado fluido de limpeza à seco.(leia aqui).

 

//// amaciante

Escolha amaciantes não tóxicos e/ou biodegradáveis. Evite sua utilização caso sua roupa tenha os pespontos das costuras espaçados, para assim aumentar a durabilidade da sua peça.

//// secagem

Aproveite a natureza e toda sua generosidade: se possível, seque suas roupas em varal externo ao invés de secagem em máquina, para assim aumentar a vida útil de suas peças e evitar problemas como o encolhimento. Opte por um local arejado e que seja protegido do sol. Caso queira expor ao sol, que seja por pouco tempo. A luz solar pode ser uma grande aliada, pois elimina bactérias, potencializa o branco e deixa suas roupas frescas. Mas lembre-se: por pouco tempo, já que ela também pode queimar roupas coloridas ou deixá-las ásperas.

/// passadoria

Leia corretamente as instruções de passadoria nas etiquetas ou silk da sua peça e ajuste à temperatura indicada. Reduza sempre que possível a utilização do ferro de passar e economize energia. Uma dica é pendurar peças no varal com cabide, deixando-as alinhadas durante a secagem.

//// indicações de lavagem por tipo de matéria-prima

//// fibras naturais (algodão/linho/seda/lã)

As fibras naturais são confortáveis e flexíveis. Possuem toque agradável e maior respirabilidade.
Lave em água fria/morna e utilize detergente suaves (dê preferência para os não tóxicos e/ou biodegradáveis). Tecidos mais delicados como linho ou seda devem ser lavados à mão. Evite secar em máquina, pois o processo pode encolher sua peça. Seque sua roupa em varal, se possível ao ar livre. Como os tecidos de fibras naturais amassam com maior facilidade, uma maneira de otimizar o processo de passadoria é evitar a forte torção depois de enxaguar, assim a roupa vai para a secagem menos amarrotada. Dependendo da peça, pode-se secá-la pendurada num cabide, o que irá facilitar na hora de passar.
Em caso de dúvida, sempre observe as instruções de lavagem que acompanham sua peça.

//// fibras artificiais ou sintéticas (poliéster/poliamida/viscose/elastano)

Estas fibras são resistentes e mantêm por mais tempo a coloração original.
Lave em água fria/morna, pois são sensíveis ao calor. Utilize detergente suaves (dê preferência para os não tóxicos e/ou biodegradáveis). Tecidos sintéticos secam mais rápido, o que muitas vezes dispensa a centrifugação. Portanto, procure secar sua roupa em varal e se possível ao ar livre.
Também são mais práticas de passar. Mas cuidado com a temperatura, pois queimam com facilidade.
Em caso de dúvida, sempre observe as instruções de lavagem que acompanham sua peça.

//// reparo de produto

Queremos que nossos produtos fiquem por mais tempo com você. Sugerimos que ao longo de sua utilização, em vez de descartar a peça, repare-a.
Muitas vezes isto pode ser feito com simples ajustes. Sugerimos os seguintes sites que oferecem dicas de como reparar:
IFIXIT - CLOTHING
Baixe o aplicativo:
IFIXIT - APP
Leia o manifesto:
IFIXIT - MANIFESTO

//// seja criativo, doe ou retorne

Assumimos um compromisso de incentivar e desenvolver a economia circular, onde o produto sempre fará parte de um ciclo contínuo. Queremos que um produto movin® não termine num aterro sanitário ou seja incinerado. O produto deve ser reaproveitado (upcycling), revendido, repassado, retornado ou reciclado.

//// reaproveitamento

Reinvente sua peça. Faça um recorte, costure um novo detalhe ou mesmo crie novas combinações para renovar o estilo. Assim você consegue prolongar o uso do seu produto. Incentive o upcycling, forme grupos de amigos para juntos reelaborarem suas peças. Será divertido!

//// revenda

Aproveite as plataformas de venda de produtos usados como ebay e facebook para revender as peças que não queira mais. Você pode juntar dinheiro para investir numa viagem, por exemplo.

//// repasse

Se não quiser reaproveitar ou revender, repasse suas peças para amigos e familiares ou doe (em boas condições de uso) para instituições que necessitam de artigos de vestuário. O gesto de doar é tão bom e o ganho emocional supera qualquer aspecto financeiro. Algumas organizações, como o exército da salvação, fazem a coleta no seu endereço (Exército da Salvação). Tudo fica facilitado. Porém, doar pessoalmente e ver a reação de quem ganha é também muito legal.

//// retorno

Nós da movin® iniciamos uma campanha de retorno de produtos. Esta iniciativa faz parte das nossas regras, pois temos o compromisso de uma economia circular e de orientar o consumidor para o reencaminhamento ideal. Portanto, caso você não possa reaproveitar, revender ou repassar/doar sua peça, indicamos um endereço no qual você possa nos reenviar o seu produto movin®. E pode deixar que nós cuidaremos disso! Enfatizamos que não podemos aceitar no momento produtos que não sejam movin® e que não podemos assumir os custos do reenvio para nós. O retorno do produto é voluntário e contamos com a sua colaboração. Bonificamos com descontos e promoções aqueles que optarem por ajudar a evitar que nossos produtos terminem sua vida útil num aterro sanitário ou que sejam incinerados.
Produtos movin® que possuem propriedades biodegradáveis também devem seguir o mesmo processo. Mesmo que o item seja compostável, o aterro sanitário deve ser evitado. O reencaminhamento correto é a solução.

________________________