SUN

a fusão entre a tesla e a fabricante de painéis solares solarcity conectou o know-how das duas empresas e já resultou num projeto muito interessante: uma rede de baterias e painéis solares vai gerar quase toda a energia consumida na ilha samoana de ta'u, que possui cerca de 600 moradores.

esta iniciativa assinala a transição para uma energia mais limpa, já que a ilha era sustentada por geradores a diesel que necessitavam de mais de 400 mil litros de combustível por ano.
vale destacar que no contexto dos problemas resultantes do aquecimento global, as ilhas são as áreas territoriais mais afetadas e fazer de uma delas um modelo de energia renovável é uma grande sacada.

em tempo: a agência internacional de energia renovável dos eua produziu um relatório no início deste ano que previu que até 2030, cerca de 13% da eletricidade gerada em todo o mundo será produzida através de energia solar e que países como brasil, chile e áfrica do sul são alguns dos mercados mais atraentes no momento para este tipo de geração de energia.

saiba mais sobre o projeto da ilha de ta'u:

http://blog.solarcity.com/island-in-the-sun

post mais recente